Agradecimento sincero aos colegas livres pensadores do meu facebook

Quero agradecer a todos os meus colegas livres pensadores (não necessariamente libertários) libertários, minarquistas, anarcocapitalistas, que tem me adicionado e aceitado meus convites para trocarmos informações, não sabem o quanto tenho aprendido e conseguido materiais através de vocês, isso prova que qualquer cidadão pode fazer atos políticos sem ter um CARGO político, agradeço ao Instituto Mises Brasil que criou o “dia sem imposto” em São Paulo demonstrando evidentemente os lucros ganhos, satisfação dos indivíduos.
Imagem
Sinceramente parece muito emocionaloide escrever isso. Mas com vocês descobri que não sou um pixel de um logotipo, descobri que a verdade liberdade é descobrir-se indivíduo e assumirmos nosso lado “podre”, a minha pena de pessoas que usam argumentos de coitadismo acabou totalmente, me sinto mais produtivo e mais feliz por me odiarem pelo que sou e não pelo que pensam que sou.Imagem

Eu fui um pseudo intelectual que fazia de tudo pra parecer consciente e inflava meu ego tentando demonstrar compaixão por quem nunca precisou de nada e tinha condições de conseguir as coisas sozinho. Eu me sentia culpado por ter sigo enganado tanto tempo sobre o verdadeiro capitalismo, eu era do tipo de pessoa que ia ao mc donald escondido e pensava que ser capitalista era ostentar marcas e odiar os pobres.

Imagem

Então descobri algo com o libertarianismo… Descobri que ele me propicia falar com pessoas de diversas classes sociais que pensam como eu, reforcei a ideia que já tinha de que nem todo pobre é vagabundo e nem todo rico usa seu dinheiro utilizando a liberdade individual dos outros.

Imagem

Eu incorporei literalmente a ideia de “Posso não concordar com nenhuma de suas palavras, mas defenderei até a morte o seu direito de dize-las.”
É comovente poder compartilhar com vocês o meu fascínio e o otimismo que o libertarianismo me deu, em alguns pontos me deu pessimismo também, mas pessimismos saudáveis. Um pessimismo em relação aqueles que querem estar no poder e dizem querer sempre ajudar os que estão na miséria… Deve ser porque necessitam da miséria pra sobreviver. A única coisa que sabem fazer é assistencialismo, se não houver mais a quem dar assistência… De que irão viver ? Que argumentos irão usar ?

Imagem

De certa forma, tenho um egoísmo saudável, eu assumo que se tivesse que escolher entre salvar meus parentes, alguém que gosto ou amo antes de salvar uma criança com fome, sem dúvida seriam as primeiras opções… Todos pensam assim no final das contas, por que então devo priorizar estas pessoas quando se trata da prioridade dos gastos do meu dinheiro ? Por que não devo priorizar a mim ?

Imagem
Pelo contrário, simplesmente desenvolvi minha vontade voluntária de ajudar sem que me imponham e defendo o direito de quem não quer. Descobri que 95% dos meus amigos que se dizem de esquerda na verdade ostentam mais do que eu, gastam mais do que eu, adotam sempre uma postura de “estou fugindo do capitalismo, ainda estou me adaptando” para tentar justificar sua incoerência.
Imagem
Como se não aceitassem o fato de que no fundo SÃO capitalistas, é como um religioso descobrindo que é ateu ou que na verdade combina mais com outra religião, existe uma resistência.
Nossa revolução será individual, temos um objetivo em comum… Ele se chama redução do poder estatal sobre as liberdades individuais, eu me defino como um libertário minarquista… Acredito na necessidade do estado apenas para garantir a proteção dos indivíduos em relação a outros que queiram cercear sua liberdade individual seja do seu próprio país ou de outro. Por isso simpatizo com exército e polícia federal que esta sendo inutilmente utilizada para o combate ao tráfico de drogas. Também acredito no direito a auto defesa.

Imagem

Imagem

O restante o próprio mercado cria por si só com demanda, mais empregos, salários maiores e preços mais justos. Todos nós temos um objetivo… Reduzir o poder estatal e reduzir ao máximo assistencialismo desnecessário, incentivando a única igualdade sensata…

Imagem

Singapura

A de utilizar de sua liberdade para se chegar até onde se quer… Valorizamos a individualidade, cada um irá perseguir isso da sua forma sem cercear a liberdade individual dos outros.

Imagem
Mas a nossa regra é…. Se cercear minha liberdade individual, nós vamos cercear a sua para que isso não se repita. Pacifismo não é submissão, auto defesa não é violência! Abraço a todos os heróis que leram esse trecho bíblico imenso! – Helleno de Carvalho Motta

Agradecimento aos meus colegas e amigos:

Dâniel Fraga
Rodrigo Constantino
Rafa Capella
Danilo Silva

Marie Duarte
Camilla Campos
José Augusto Cury
Mariana Preza
Daniel Pacheco de Souza
Caio Lemos
Alessandro Werner Youtoo
Hátila D Rocha
Karina Alves Motta

Cassie Farias

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: