Pacto de não-agressão: questão de coerência

“Muitos críticos acusam de frágil e ingênuo um dos princípios básicos do pensamento libertário: O Pacto de não-agressão. Alegam radicalismo, falam quea rigidez com que os libertários tratam a não-agressão é uma agressão. Querem relativizar agressão, criar uma espécie de não-agressão absoluta e não-agressão relativa. Você até pode discuti o que é uma agressão quando o embate se dá no campo das ideias, agora qual dúvida há quando você leva um Jab de direita?” 
FONTE: http://www.pliber.org.br/ 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: